30 de janeiro de 2019
Os Meninos da Rua Paulo - Ferenc Mólnar

Mais um livro infanto-juvenil de cortar o coração...



Definitivamente, eu sou uma péssima pessoa para sortear leituras! Há poucas semanas atrás li O Meu Pé de Laranja Lima, um infanto-juvenil muito triste e comovente e, hoje, acabo de terminar a leitura de Os Meninos da Rua Paulo, uma história que conseguiu ser ainda mais trágica! Essa foi a primeira obra do senhor Ferenc Mólnar que tive a oportunidade de ler e o cara já quebrou meu coração!

[…] “Assim, decidiram a luta por motivo semelhante ao que desencadeia as guerras de verdade. Os russos precisavam de mar, por isso atacaram os japoneses. Os camisas-vermelhas precisavam de um terreno para jogar pela, e como não havia outro jeito, iam recorrer à guerra. “ […]

Considerado o livro mais famoso da literatura húngara ao redor do mundo, Os Meninos da Rua Paulo, publicado em 1907, narra de maneira metafórica a difícil transição da inocência da infância para as agruras da vida adulta, além de tratar também dos efeitos das guerras constantes no imaginário da população, principalmente, das crianças.
Um grupo de garotos, em sua maioria, de origem humilde que tem como refúgio um terreno abandonado, esses são Os Meninos da Rua Paulo. Lá, comandados pelo mais velho de todos, João Boka, eles acreditam fazer parte de um exército que tem como únicos soldados rasos o pequeno lourinho, Ernesto Nemecsek, e o cachorro do vigia do terreno...
A vida dos meninos transcorria tranquila, até que estes descobrem que o grupo rival os "camisas-vermelhas" querem atacá-los para roubar-lhes o espaço de brincadeiras e diversão. Ademais, para surpresa de todos, há um traidor entre eles, capaz de ajudar o inimigo a conquistar seu objetivo vil.
Por ser o único em um posto baixo, Nemecsek decide provar seu valor para o grupo a fim de subir de posição, contudo, ninguém imaginava o quão leal e corajoso era o lourinho, e muito menos as consequências de suas ações...

[…] “Boka fitava com gravidade a própria carteira, e na sua alma de menino pela primeira vez vislumbrou uma vaga ideia do que é, afinal, a vida, da qual todos somos os soldados e os servidores, ora tristes, ora alegres.” […]

Os Meninos da Rua Paulo é uma novela incrivelmente emocionante e cheia de valores e muita honra. O modo como os meninos se tratam, mesmo os inimigos é algo para se espelhar, pois essas crianças são de uma dignidade que falta em muitos adultos!
A escrita de Ferenc Mólnar é linda. Começa de maneira bem tranquila e corriqueira e termina de maneira comovente, deixando uma tristeza grande em nossos corações. Há diversas adaptações da obra para filmes e peças teatrais. Com certeza, esse é o tipo de história infanto-juvenil que também agrada ao público adulto e deve ser lido por todos.

18 comentários:

  1. Já ouvi falar bastante sobre esse livro, mas nunca tive a oportunidade de lê-lo. Adoro infanto-juvenis que trazem histórias fortes e marcantes, porque apesar de tristes, aprendemos muito com elas. Fiquei bem curiosa para conferir esse livro.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Instagram

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    não conhecia o livro mas já anotei a dica. Amo livros emocionantes, capazes de quebrar o coração e já faz tanto tempo que não encontro nenhum história desse tipo que já vou procurar saber mais sobre este e quem sabe providenciar a leitura.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  3. Olá, Andrea.

    Livros que se passam na guerra sempre mechem com o meu emocional, acho muito triste e cruel.
    O livro parece ser carregado de fortes emoções e eu fiquei torcendo durante a leitura da resenha para o loirinho e seu grupo não serem pegos!

    ResponderExcluir
  4. Felipe Cunha Germano4 de fevereiro de 2019 10:46

    Olá.
    Acho que já ouvi falar sobre esse livro, pois o título não me estranho, mas não conhecia a história em si. Realmente parece uma ótima leitura, fiquei interessado em ler.
    Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  5. Achei essa capa linda e fiquei bem curiosa com esse final comovente que você mencionou. Já quero ler e derramar algumas lagriminhas também.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu acho que deva ser uma leitura realmente incrível e muito emocionante. Saber que tem temas e valorização de conceitos imprescindíveis para o ser humano acredito que não seria uma leitura que eu faria no momento.
    Mas gostei de conhecer um pouco mais dessa obra.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  7. Eu sou super curiosa para ler esse livro, já vou preparar meu psicológico pois pelo seu post me parece ser uma leitura bem tocante, amei conferir sua opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste da leitura e também escreva sobre para eu saber sua opinião! =)

      Excluir
  8. Olá, tudo bem?
    Esse livro é o maior trauma da minha vida, pois não estava preparada para o que encontraria. Eu achava que era um livro infanto-juvenil comum, com uma história bonitinha de amizade. Mas essa história pisou no meu coração de um jeito que eu não esperava e poucas vezes eu chorei tanto com uma leitura.
    Confesso que nunca tive coragem de reler, mas é um livro realmente lindo, reflexivo e emocionante. Adorei a resenha e fico feliz que tenha gostado tanto da leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu embarquei nessa leitura já sabendo um pouco sobre a história, mas também tive a mesma surpresa que você quando li O Meu Pé de Laranja Lima '-'

      Excluir
  9. Adoro esse tipo de livro, fiquei extremamente curioso e interessado nessa obra e desejo demais ler agora. Anotei a dica.

    ResponderExcluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D