18 de dezembro de 2018
A briga dos dois Ivans - Nikolai Gogol


Você conhece a Gogol Bordello? É uma banda muito legal que mistura vários ritmos e culturas em suas músicas. Há muitos anos atrás, o vocalista Eugene Hutz deu uma entrevista ao Programa do Jô e disse ser o escritor Nikolai Gogol uma das inspirações para o nome da banda. Fiquei intrigada com esse fato, todavia confesso não ter tido muito interesse no autor em questão. Esse ano, bastante tempo depois, tive oportunidade de ler A briga dos dois Ivans, uma novela de suas obras.

[...] "Ivan Ivánovitch e Ivan Nikíforovitch eram unha e carne, parecia coisa do diabo. Aonde um ia o outro se arrastava atrás." [...]

A briga dos dois Ivans  começa apresentando Ivan Ivanovitch, um homem "nobre", muito rico e um completo BABACA; e seu melhor amigo Ivan Nikiforovitch, outro nobre podre de rico, preguiçoso e bem desbocado. Ambos são totalmente diferentes, tendo em comum apenas a aversão à pulgas... 
Talvez, por causa disso, eles têm a grande briga título deste livro. Um dia, Ivan I. enfadado com sua vida ociosa de pessoa privilegiada, decide que precisa de algo. Calha de, no momento seguinte, ver a bela arma de seu melhor amigo Ivan N., contudo, este não quer dá-la ou trocá-la por nada e, após insistentes investidas do outro, ele o chama de "raposa velha" e só por isso, e nada mais, eles se tornam inimigos declarados, tendo como objetivo de vida prejudicar-se mutuamente.

É engraçado ver como uma palavra muda completamente de contexto dependendo da cultura. No original, em russo, a expressão usada por Ivan N. para ofender o amigo foi "ganso velho", que significa pessoa ardilosa, mentirosa, aproveitador, porém, no Brasil, isso não faria sentido, daí a escolha por "raposa velha". 
Não é a toa que Nikolai Gogol era conhecido como mestre da sátira e do humor em seu tempo. A briga dos dois Ivans é repleto de momentos engraçados, desde as epígrafes no início de cada capítulo, até os diálogos cheios de ironia. Ademais, o narrador sempre ridiculariza os costumes dos nobres russos e mostra a realidade miserável das pessoas pobres, porém ele não faz isso de maneira "panfletária", e sim de forma irônica. Ao perceber essas características me liguei que Nikolai Gogol é um autor do Realismo Russo! Já adoro ele! 
Há também, um narrador que conversa conosco. Ele não é apenas onisciente, mas também faz parte da comunidade, conhece os dois Ivans como se fosse um vizinho deles e dá sua opinião a respeito destas e de outras personagens.
Outro ponto que deve ser ressaltado em A briga dos dois Ivans é a corrupção inerente das personagens. Aparentemente, o povo russo do século XIX assemelhava-se, e muito, ao povo brasileiro da atualidade... Sempre dando um "jeitinho" nada ortodoxo para resolver seus problemas... 

[...] "moleque à toa com uma camisa emporcalhada - um quadro que pintores admiram!" [...]

Apesar disso, fiquei muito feliz por ter dado uma chance a Nikolai Gogol, pois a leitura de A briga dos dois Ivans foi muito prazerosa! Uma pena se tratar de uma novela, pois o texto é bem curtinho e a leitura muito rápida, mas pretendo procurar outras obras desse autor e me aprofundar mais nesse Realismo Russo. 
Antes de concluir, é preciso dar crédito a ótima edição da  Grua Livros. A série "A Arte da Novela" é bem interessante em sua proposta de reunir as grandes novelas clássicas, além disso, o trabalho de tradução e de contextualização é ótimo e vai ajudar muito as pessoas desacostumadas com os nomes russos e suas formas de tratamento. 

20 comentários:

  1. Não conhecia o livro, mas pelos trechos e por suas palavras fiquei curiosa para ler

    ResponderExcluir
  2. Gostei também dele ter dado uma chance a Nicole, também li e gostei muito de tudo que se implica a obra

    Bjs,
    https://keilycesporkeilaluciablog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro ler novelas porque elas sempre bem rapidinhas e gostosas de ler, e é sempre bom quando você não conhece o trabalho de um autor ler um conto ou novela dele.
    Gostei da sua resenha e nunca tinha ouvido falar de Nikolai Gogol, fiquei super interessada, vou procurar essa novela pra ler, parece muito legal! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você! Adorei conhecer o trabalho de Gogol por essa narrativa mais curta =D

      Excluir
  4. Me pareceu ser um bom livro, ainda mais nesse estilo, já irei colocar na minha listinha pra ver em breve....
    https://blogdajenny2014.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Andrea,

    Não conhecia o livro, mas já fiquei aqui me roendo para lê-lo. Por tudo que narrou, creio que iria amar esta narrativa, já que mostra bem como era o povo russo da época e esse jeito nada ortodoxo dos mesmos. Esses são temas que costumam me prender, então fiquei ansiosa para ler. Vou procurar! Obrigada pela dica e parabéns pela resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Espero que você goste dessa leitura tanto quanto eu =D

      Excluir
  6. Ótima resenha, convidativa à leitura. Parabéns pela escrita!

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro mas talvez seja por não ser meu estilo primordial de leitura. Mas gostei de sua resenha.

    ResponderExcluir
  8. Olá!!
    Não conhecia o livro, mas pela sua resenha eu devo gostar. Adoro histórias que mostram outras culturas. Estou um tanto ocupada, mas anotei a dica para ler assim que possível. Ótima resenha!!
    Bjs
    almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se gosta de outras culturas vai adorar mesmo essa leitura =)

      Excluir
  9. Oi,tudo bem ?

    Não conhecia o livro ,mas toda a proposta atrai muito para a leitura, fiquei bastante curiosa e gostei dos trechinhos ressaltados . Vou procurar ele via Amazon e com toda certeza é uma ótima indicação de leitura.

    ResponderExcluir
  10. Olá!!!

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas gostei da forma como você o descreveu.
    Achei super interessante como você conheceu, através de uma entrevista no Jô (saudades rs)
    Fiquei interessada pela história!

    Grande beijo,
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Comentar leva apenas alguns segundos...Sua opinião é muito importante! =D